Logomarca corrida para o site cores

NOTIFICADOS SETE CASOS SUSPEITOS DE FEBRE AMARELA EM SANTA CATARINA

NOTIFICADOS SETE CASOS SUSPEITOS DE FEBRE AMARELA EM SANTA CATARINA

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde...

DOADORES DE SANGUE E MEDULA TERÃO ISENÇÃO EM CONCURSO

DOADORES DE SANGUE E MEDULA TERÃO ISENÇÃO EM CONCURSO

Lei foi sancionada pelo governado no último dia 12 e está em vigor em todo o...

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DEVEM PARCELAR DÉBITOS ATÉ DIA 31

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DEVEM PARCELAR DÉBITOS ATÉ DIA 31

Mesmo sem Refis, esta é uma das condições para que empresas continuem no...

CNH DIGITAL DEVE ESTAR DISPONÍVEL EM TODO O BRASIL ATÉ FEVEREIRO

CNH DIGITAL DEVE ESTAR DISPONÍVEL EM TODO O BRASIL ATÉ FEVEREIRO

O novo formato do documento funcionará como um aplicativo de celular e estará...

BRASIL QUER REDUZIR PELA METADE AS MORTES NO TRÂNSITO

BRASIL QUER REDUZIR PELA METADE AS MORTES NO TRÂNSITO

A proposta inclui no CBT um regime de metas anuais para a redução do número...

  • NOTIFICADOS SETE CASOS SUSPEITOS DE FEBRE AMARELA EM SANTA CATARINA

    NOTIFICADOS SETE CASOS SUSPEITOS DE FEBRE AMARELA EM SANTA CATARINA

    Terça, 23 Janeiro 2018 16:18
  • DOADORES DE SANGUE E MEDULA TERÃO ISENÇÃO EM CONCURSO

    DOADORES DE SANGUE E MEDULA TERÃO ISENÇÃO EM CONCURSO

    Terça, 23 Janeiro 2018 16:12
  • MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DEVEM PARCELAR DÉBITOS ATÉ DIA 31

    MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DEVEM PARCELAR DÉBITOS ATÉ DIA 31

    Terça, 23 Janeiro 2018 13:40
  • CNH DIGITAL DEVE ESTAR DISPONÍVEL EM TODO O BRASIL ATÉ FEVEREIRO

    CNH DIGITAL DEVE ESTAR DISPONÍVEL EM TODO O BRASIL ATÉ FEVEREIRO

    Segunda, 15 Janeiro 2018 20:43
  • BRASIL QUER REDUZIR PELA METADE AS MORTES NO TRÂNSITO

    BRASIL QUER REDUZIR PELA METADE AS MORTES NO TRÂNSITO

    Segunda, 15 Janeiro 2018 20:34

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DEVEM PARCELAR DÉBITOS ATÉ DIA 31

m Micro EmpresasMesmo sem Refis, esta é uma das condições para que empresas continuem no Simples Nacional

Para permanecer no Simples Nacional em 2018, as Micro e Pequenas Empresas (MPEs) que possuem débitos tributários devem realizar o parcelamento, mesmo sem descontos de multas e juros, até 31 de janeiro. Aquelas que não regularizarem a situação dentro do prazo e forem excluídas do regime tributário, não conseguirão solicitar nova adesão até 2019.

A negociação deve ser realizada pelo Portal do Simples Nacional, no site da Receita Federal do Brasil (RFB) (www8.receita.fazenda.gov.br/simplesnacional). Para acessar o sistema é preciso utilizar certificado digital ou código específico da empresa. O pedido de nova inclusão também pode ser efetuado pela internet. A solicitação passará por análise da União, dos Estados e municípios, podendo ser aceita ou não, caso existam pendências cadastrais.

Refis

Em paralelo, a Federação Nacional das Empresas de serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon) atua no Congresso Nacional para aprovar novamente o Refis para as MPEs. O projeto de lei complementar, que concederia descontos de até 90% em multas e juros, foi vetado pela Presidência da República na primeira semana do ano. "Esperamos que a derrubada do veto ocorra o mais rápido possível, pois o impacto econômico e social dessa decisão é muito grande", enfatiza o presidente da entidade, Mario Elmir Berti.

Segundo o diretor político-parlamentar da entidade, Valdir Pietrobon, o Refis é essencial para sobrevivência das empresas e manutenção dos postos de trabalho. "Se levarmos em consideração que cada MPE emprega, em média, três funcionários formais e que mais de 500 mil empresas podem fechar as portas, chegamos ao triste número de 1,5 milhão de novos desempregados", destaca.

Cotação Dólar/Euro

O Tempo na Folha

Nossa localização

G1 > Brasil

G1 > Brasil
  • Ocorrências foram registradas na MG-352 e na BR-354 entre a noite de sexta (21) e início da manhã deste sábado (22). Dois acidentes envolvendo cinco vítimas foram registrados em rodovias do Alto Paranaíba, em Tiros e Carmo do Paranaíba. Na primeira ocorrência, um idoso de 65 anos morreu atropelado na noite desta sexta-feira (22) na MG-352 próximo à cidade de Tiros. De acordo com as informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a vítima teria invadido a pista e bateu de frente com um caminhão que seguia sentido a Matutina, também no Alto Paranaíba. O acidente foi registrado por volta das 20h no km 307. O ciclista era natural de Tiros. Carmo do Paranaíba Já o segundo acidente de trânsito foi na BR-354 nesta manhã (23). Uma pessoa morreu e outras três ficaram feridas em um próximo a Carmo do Paranaíba. Segundo a polícia rodoviária, o carro onde estavam as vítimas capotou. A ocorrência está andamento e ainda não é possível saber as causas do acidente. O Corpo de Bombeiros foi acionado.

  • Película 'Para Sempre' foi selecionada no primeiro edital de fomento ao setor audiovisual do estado. Diretor diz que intenção é fomentar os roteiros autorais no estado. 'Para Sempre' narra a fuga de um jovem casal que vive um romance proibido Divulgação Foram encerradas na última semana, as gravações do curta-metragem amapaense "Para Sempre", do diretor Dominique Allan. A película, que foi uma das 12 produções selecionadas no primeiro edital de fomento ao setor audiovisual do Amapá, narra a saga do jovem casal Roberto e Amanda, que fogem de suas famílias para viver um romance proibido. Sem querer revelar muito sobre a trama, o diretor, que também é roteirista, comenta que o filme é essencialmente um romance com toques de drama. Filmado em cinco locações, a principal é uma pequena casa, num lugar deserto. "Quero esconder algumas informações sobre o história, para que o público se surpreenda vendo o filme", disse Dominique. Composto por uma equipe quase 100% amapaense, o diretor, que já dirigiu dois outros curtas de maneira independente, busca profissionalizar produções autorais no cinema local. "Toda a equipe criativa é amapaense, eu [diretor e roteirista], elenco, preparador de elenco, produtor e diretora de arte. Ou seja, a produção toda é local, somente a pós terá participação de pessoas de outros estados. Esse é um processo interessante para o audiovisual do Amapá, em que as produções autorais, ganham ares de profissionalismo", comentou Dominique. Filme deverá ser finalizado em três meses Divulgação Inspirado em filmes de romance como "Diário de uma Paixão", protagonizado por Ryan Gosling e Rachel McAdams, a produção não buscou outras referências dentro do gênero, o que aumenta o suspense sobre o filme. "Para Sempre" agora segue para a fase de montagem, que acontece nos próximos dias e o processo de pós-produção acontece nos próximos três meses, em São Paulo. Ainda não há uma data para a estreia do filme. Outras produções Em 2012, o diretor fez seu primeiro curta chamado "A Rosa", que é um experimento em preto e branco. Já em 2016, Dominique escreveu e dirigiu o terror "Curtiu?", que conta a história de uma mulher que assiste a um vídeo de assassinato em uma rede social, quando, aparentemente, alguém invade a sua casa. Ambas as produções estão disponíveis gratuitamente na internet. 'Curtiu?' foi o segundo curta dirigido por Dominique Allan Divulgação Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

  • Área de 22 mil metros quadrados será destinada à movimentação de carga vegetal. Leilão tem lance mínimo de R$ 5 milhões e investimento inicial deve ser de R$ 60 milhões. Empresas vão atuar na movimentação de cargas como cavacos de madeira Antaq/Divulgação A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) marcou para 28 de setembro de 2018 a realização do leilão que vai arrendar uma área de 22 mil metros quadrados do Porto de Santana, um dos principais do Norte do país. O lance mínimo da disputa é de pouco mais de R$ 5 milhões e o investimento inicial está previsto em R$ 60 milhões. A concessão será de 25 anos e o espaço será cedido para a movimentação de carga vegetal, com foco no cavaco de madeira, extraído de árvores para a produção de celulose e móveis em geral. O porto, que fica às margens do rio Amazonas, é gerido pela prefeitura através da Companhia Docas de Santana (CDSA). Mesmo com o leilão a concessão da administração do porto continua com o poder público. O espaço colocado em leilão é parte do utilizado desde a década de 1990 pela empresa Amapá Florestal e Celulose (Amcel), que deverá participar da nova disputa. O edital não prevê adequações significativas no espaço, com isso, mantendo a capacidade atual de escoamento que gira em torno de 750 mil toneladas anuais. Apesar do leilão, administração do porto continua com o poder público Antaq/Divulgação "As atividades no Terminal MCP-01 envolvem: recebimento de toras de madeira, retirada da casca e galhos, picador de madeira, classificação dos cavacos e formação de pilhas de cavacos. A área do Terminal, em sua maior parte, não possui impermeabilização, sendo o solo coberto, em alguns trechos, com gramíneas. O pátio de estocagem tem piso de concreto", diz documento do edital. A empresa vencedora será aquela que der o maior lance, e os investimentos iniciais são para melhorias na área cedida, como substituição de esteiras e shiploaders. Poderão concorrer empresas ou consórcios, que deverão apresentar propostas à comissão. Para o Ministério dos Transportes, o arrendamento do porto vai beneficiar o desenvolvimento econômico do estado e resultar no aumento da movimentação de cargas e da geração de empregos. Porto de Santana é um dos maiores da Região Norte Divulgação/Prefeitura de Santana Com a nova lei dos portos, sancionada em 2013 pelo Governo Federal, os terminais de uso privados não serão usados exclusivamente para exportar e importar mercadorias da empresa vencedora da concessão. Ela poderá compartilhar o uso do local com outros empreendimentos que buscam utilizar o terminal. O porto de Santana foi construído na década de 1950, pela Indústria de Comércio de Minérios (Icomi), para o embarque de manganês. Atualmente, além de escoar minérios, grãos e cavaco, o porto também é local de embarque e desembarque de contêineres. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

  • Corpo celeste entrou na atmosfera da Terra sobre o município de Jaguaretama e caiu na região de Icó. Meteoro cai em Icó, no Ceará, e chama atenção da população pelo tamanho. Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros Um grande meteoro foi registrado na noite de 20 de junho no Ceará, com trajetória entre as cidades de Jaguaretama e Icó. A bola de fogo chamou a atenção de moradores dos municípios por ter se manifestado no céu por oito segundos, o que é considerada uma longa duração para um fenômeno do tipo, conforme Lauriston Trindade, membro da Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon). "Há relatos também de pessoas que ouviram um grande barulho seguido desse meteoro. Esses grandes meteoros geralmente acontecem na madrugada, quando a maioria das pessoas estão dormindo, então passam despercebidos. Mas esse aconteceu relativamente cedo, às 23h, por isso mais pessoas repararam", explica. Trajetória Meteoro de longa duração é visto no céu do Ceará O corpo celestre foi captado por quatro câmeras de observadores amadores. Duas delas estavam posicionadas no Ceará, em Maranguape e Iguatu; outras duas estavam na Paraíba, nas cidades de João Pessoa e Campina Grande. Com a ajuda dos equipamentos foi possível calcular a trajetória e outros detalhes do objeto. "Ele percorreu a atmosfera da terra com uma velocidade de 12km/segundo [43 km/h] e atravessou 117 quilômetros, até cair na altura de Icó. De posse da trajetória, estamos tentando determinar a região onde possa existir os meteoritos", afirma o observador. Trajetória do meteoro visto no Ceará, entre Jaguaretama e Icó. Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon) "Ainda é necessário fazer diversos cálculos e uma análise mais aprofundada, mas estamos estimando que possa ter sobrado alguns quilos de meteorito", supõe Lauriston Andrade, referindo-se aos fragmentos que podem ter sobrado do bólibo. A maioria meteoros que chega à atmosfera terrestre desintegra-se antes de atingir o solo. Apesar de ter atraído os olhares da população das cidades por onde sobrevoou, o meteoro não causaria grande perigo com a queda. "Esse tipo não tem riscos para as pessoas, principalmente porque caiu na zona rural, numa região pouco povoada", comenta o membro da Bramon.

  • Chamas começaram por volta das 10h30 da manhã desta sexta-feira (22) e se alastrou próximo a ponte sobre o Rio Jamari. Em Ariquemes, um incêndio florestal destruiu vários quilômetros de vegetação na BR 421 Um incêndio florestal destruiu pelo menos três quilômetros de vegetação, na BR-421, em Ariquemes (RO), região a pouco mais de 200 quilômetros de Porto Velho. As chamas começaram por volta das 10h30 da manhã desta sexta-feira (22) e se alastrou próximo a ponte sobre o Rio Jamari. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo se espalhou pelas margens da BR-421. Para conter o fogo, uma equipe da corporação precisou de dois caminhões. O trabalho dos bombeiros se concentrou próximo às residências pela localidade. Segundo o sargento Luiz Júnior, o objetivo foi, inicialmente, fazer uma atuação preventiva. "No caso aqui a gente fez um acero frio para evitar que o fogo se propagasse. Ao mesmo tempo, combatemos os focos de incêndio que era possível com o auxílio do caminhão", explicou Júnior. Os motoristas que precisavam passar pela rodovia tiveram que redobrar a atenção devido a fumaça intensa. A pista é estreita e a passagem permite apenas um carro por vez. O incêndio começou nas proximidades da ponte que fica sobre o Rio Jamari. Caminhão do Corpo de Bombeiro em ação para conter as chamas na BR-421 em Ariquemes. Reprodução/Rede Amazônica Ainda segundo Luiz Júnior, essa época do ano é propícia para incêndios florestais. "Quando começa em julho e vai até meados de dezembro tem essa época de mato seco e sol muito quente que é muito propício para o incêndio florestal. A gente vem atuando na medida que a gente pode, com os materias e os recursos humanos que a gente possui e dispõe", completou o sargento. O Corpo de Bombeiros não informou as causas do incêndio. O fogo foi controlado duas horas depois da atuação da corporação. Veja mais notícias em G1 Ariquemes e Vale do Jamari.